Acesso ao principal conteúdo
Argentina

Avião desaparecido com futebolista argentino Emiliano Sala

Futebolista argentino que jogava no Nantes, Emiliano Sala, comprado por Cardiff, desaparecido com avião
Futebolista argentino que jogava no Nantes, Emiliano Sala, comprado por Cardiff, desaparecido com avião REUTERS/Stephane Mahe

Continuam as buscas para tentar encontrar o avião no qual viajavam o futebolista argentino, Emiliano Sala e o piloto, ontem à noite, de Nantes para Cardiff, novo clube que ia receber o internacional de futebol. A avioneta desapareceu ontem à noite quando sobrevoava o canal da Mancha e durante todo o dia de hoje a guarda costeira anglo-normanda esteve à procura do pequeno avião sem qualquer sucesso. 

Publicidade

A guarda costeira de Guernesey esteve todo o dia de hoje a cumprir um plano de busca para tentar descobrir a avioneta, Piper PA 46 Malibu, modelo que transportava o futebolista argentino Emiliano Sala de Nantes, para Cardiff.

A equipa composta por 3 aviões e 1 helicóptero, tuítou, ter concentrado hoje as suas buscas numa "zona precisa onde teria a maior probabilidade de encontrar algo".

Os polícias da guarda costeira quiseram privilegiar a hipótese de o futebolista Sala e o pioloto da avioneta terem sobrevivido e poderem estar refugiados no bote pneumático de salvação da avioneta.

No entanto, "tendo em conta que a temperatura da água do mar e condições meteorológicas muito agitadas, as probabilidades são quase nulas de encontrar vivos o futebolista e o piloto do pequeno aparelho, sublinhou o capitão do porto e chefe da guarda costeira da ilha anglo-normanda de Guernesey, David Barker.

De notar, que o futebolista argentino, Emiliano Sala, enviou à sua família e amigos um pequeno video por WhatsApp, preocupado com o estado do avião, que poderia cair.

"Olá irmãos e rapazes ja estou dentro do avião e dir-se-ia que vai cair aos bocados….Viajo para Cardiff. Se dentro de uma hora e meia não tiverem notícias minhas, não sei se vão enviar pessoas para me procurar, porque não me vão encontrar, digo-vos, desde já. Papá, estou cheio de medo"! 

O clube de futebol de Cardiff, que comprou o futebolista argentino de 28 anos por 18 milhões de euros, precisou, que foi Emiliano Sala que fez a organização da sua própria viagem.

A emoção era forte em Cardiff, com o director do clube, a dizer estar sob estado de choque.

Também, em Nantes, cidade francesa do clube local, centenas de pessoas estão a depositar flores em homenagem ao melhor seu goleador, autor de 12 golos a meio da temporada do campeonato.

"Onde queres que estejas, pensamos em ti e rezamos #PrayForSala", publicou o Clube de futebol de Nantes, na sua conta Twitter, onde o emblema do clube foi substituído por uma fotografia do atacante, Emiliano Sala.

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.