Acesso ao principal conteúdo
Economias

Vale a pena investir num automóvel de colecção ?

Áudio 05:55
Empresa portuguesa de restauro de automóveis, presente no "Retromobile" de 2019
Empresa portuguesa de restauro de automóveis, presente no "Retromobile" de 2019 Vitor Matias /RFI

Quando se fala de investimentos, há quem compre lingotes de ouro, jóias,  bens imobiliários, terrenos, ou garrafas de vinho. Mas há também quem compre um automóvel de colecção...De 6 a 10 deste mês, os curiosos, os saudosistas, mas sobretudo os coleccionadores e os homens de negócios, estão presentes no Salão Retromobile, ou melhor, a Feira internacional do Automóvel de Colecção, onde as vendas atingem somas vertiginosas !A título de exemplo, no ano passado, as transacções efectuadas por colecionadores internacionais atingiu quase 40 milhões de  dólares americanos, um volume que aumentou de 13%, em relação a 2017. E o valor dum automóvel de colecção, duma série limitada, e em bom estado, pode aumentar de 20% num ano...    A RFI ouviu Sérgio Rodrigues sócio - gerente da empresa SSRClassic, especializada no restauro de automóveis antigos, presente neste certame. Oiça aqui o que ele nos disse sobre restauro de automóveis, o investimento e as tendências actuais.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.