Acesso ao principal conteúdo
EUA

EUA: Congresso alcança pré-acordo sobre o muro

Donald Trump no comício político em El Paso.
Donald Trump no comício político em El Paso. REUTERS/Leah Millis

Nos Estados Unidos Democratas e Republicanos alcançaram um pré- acordo para a construção de um muro na fronteira com México. O montante de 1,2 mil milhões de euros está longe dos cerca de 5 mil milhões exigidos por Donald Trump, mas evita um novo bloqueio dos serviços norte-americanos.  

Publicidade

De visita ao Texas, onde fez o primeiro comício do ano, o Presidente norte-americano, Donald Trump, afirmou diante de milhares de apoiantes reunidos em El Paso, que “não há melhor local para falar sobre segurança das fronteiras”.

O Presidente norte-americano recordou que desde que El Passo construiu uma barreira com o México em 2008, a cidade tornou-se numa das mais seguras do país.

“Eu não quero saber se o autarca é republicano ou democrata. Aqueles que dizem que o muro não trouxe mudanças, dizem apenas idiotices! Os muros funcionam! Nós queremos impedir a droga, os traficantes e os criminais de entrar no nosso país. Os muros salvam vidas”, garantiu Donald Trump.

No outro lado da cidade, Beto O'Rourke, quadragenário do Texas, dava um outro comício. O responsável do partido democrata e potencial candidato para as eleições em 2020, apesar da derrota nas eleições intercalares, assegurava que o partido se iria bater contra uma América sem muros.

Em Washington, ao mesmo tempo, representantes democratas e republicanos alcançavam um acordo preliminar que vai permitir o arranque da construção do muro junto à fronteira com o México. O montante de 1,2 mil milhões de euros está longe dos cerca de 5 mil milhões exigidos por Donald Trump, mas evita um novo bloqueio dos serviços norte-americanos.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.