Acesso ao principal conteúdo
Bélgica

Presidentes da UE negoceiam em Bruxelas postos após eleições europeias

Manfred Weber, candidato do PPE, para o posto de presidente da comissão europeia
Manfred Weber, candidato do PPE, para o posto de presidente da comissão europeia REUTERS/Michael Dalder

Os chefes de Estado e primeiros ministros da União europeia, estão reunidos em Bruxelas, depois das eleições europeias, para traçarem estratégias e conseguirem consensos sobre a partilha dos postos a nível do Parlamento europeu e designar o Presidente da comissão europeia. O Presidente Macron, encontrou-se com socialistas europeus para formar uma frente contra os populistas europeus.

Publicidade

Manfred Weber, candidato do  Partido popular europeu, PPE, conservador, ao posto de presidente da Comissão europeia, declarou hoje, que a formação política está aberta a "todos os compromissos necessários" para a designação ao posto.

O Partido popular europeu, ganhou as eleições europeias de 23 a 26 de maio mas perdeu um número nítido de assentos no Parlamento europeu, que o obrigará a coligar-se com pelo menos 2 outros blocos para garantir uma maioria parlamentar.

Paralelamente, uma maioria de grupos do Parlamento europeu pediu aos dirigentes dos países membros para respeitarem o princípio do chamado "Spitzenkandidat" , cabeça de lista, que defende que o presidente da Comissão europeia, deverá sair do Partido que ganhar as eleições e ter feito campanha.

É o caso de Manfred Weber, membro da CSU, União cristã social que faz coligação com a CDU, na Alemanha e é apoiado pela chanceler alemã, Angela Merkel, mas também, pelo holandês, Frans Timmermans, do partido social-democrata e da comissária, Margrethe Vestager do grupo centrista liberal. 

Isto acontece, quando os presidentes e primeiros ministros da União europeia, estão reunidos hoje em Bruxelas para tratarem desta questão e da partilha de postos a nivel global das instituições europeias.

Macron não quer Weber como presidente da comissão

O Presidente francês, Macron, tem contestado o nome do alemão Manfred Weber, para o posto de Presidente da Comissão europeia. "Precisamos de mulheres e homens com experiência e credibilidade", declarou, Macron.

A comissária europeia da Concorrência, Margrethe Vestager, o negociador europeu do Brexit, Michel Barnier, e o holandês, Frans Timmermans, antigo diplomata, fazem parte das personalidades com experiência e que são as preferências do presidente francês. 

Assim, Macron, reuniu-se, esta manhã, com os primeiros ministros português, António Costa, espanhol, Pedro Sanchez e o social-democrata holandês Timmermans, que apoia Manfred Weber, à procura duma estratégia comum.

Macron, quer também formar uma frente progressista contra os nacionalistas e populistas europeus, nomeadamente, a União Nacional de Marine Le Pen, que ganhou o escrutínio europeu, em França, a Liga do Norte de Salvini, que venceu na Itália, ou Viktor Orban, que ganhou na Hungria.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.