Acesso ao principal conteúdo
Egipto

Morsi morre em tribunal

O ex-presidente Mohammed Morsi egípcio morreu em tribunal.
O ex-presidente Mohammed Morsi egípcio morreu em tribunal. DR

O ex-presidente Mohammed Morsi egípcio morreu em tribunal. A televisão egípcia revelou que Morsi desmaiou durante a sessão em tribunal em que é acusado de espionagem. Tinha 67 anos.

Publicidade

O líder da Irmandade Muçulmana foi o primeiro chefe de Estado a ser democraticamente eleito na história do Egipto, um ano depois da "Revolução do Nilo" que levou à queda do seu antecessor, Hosni Moubarack, que esteve trinta anos no poder.

Um ano depois de ter chegado à presidência do país e depois de várias manifestações contra as suas políticas, Mohammed Morsi acaba por ser deposto por um golpe militar, em Julho de 2013.

O chefe das forças das armadas, o general Abdel Fattal el Sissi, fez-se eleger Presidente.

O ex-presidente Mohammed Morsi foi condenado a 45 anos de prisão na sequência de dois processos: incitação à violência contra manifestantes no final de 2012 e espionagem.

Segundo a televisão estatal, Mohamed Morsi sentiu-se mal esta segunda-feira durante a audiência em tribunal acabando por falecer. Tinha 67 anos.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.