Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Cartas a Lula lidas em Paris

Áudio 20:52
Chico Buarque lendo uma carta de um nordestino a Lula
Chico Buarque lendo uma carta de um nordestino a Lula RFI/Liliana Henriques

Nesta Terça-feira à noite, o teatro Monfort, aqui em Paris, acolheu uma sessão de leitura de umas 80 das mais de 22 mil cartas que têm sido enviadas ao ex-presidente Lula, preso desde 7 de Abril de 2018 depois de ter sido considerado culpado de corrupção. Este evento organizado pela Rede Europeia pela Democracia no Brasil (RED.Br) foi encenado pelo autor francês Thomas Quillardet juntamente com o bailarino e coreógrafo brasileiro Calixto Neto e contou com a participação de 38 intelectuais, pesquisadores, políticos e artistas de várias nacionalidades, entre os quais Chico Buarque, Maria de Medeiros ou ainda o ex-deputado Jean Wyllys actualmente exilado na Europa. Em entrevista à RFI, a historiadora francesa Maud Chirio, uma das fundadoras da RED.Br que esteve na iniciativa desta leitura, falou do conteúdo das cartas. Falamos igualmente com vários outros intervenientes desse serão de mobilização e reflexão sobre o Brasil visto a partir de aqui, em Paris.

Publicidade
{{ scope.counterText }}
{{ scope.legend }}© {{ scope.credits }}
{{ scope.counterText }}

{{ scope.legend }}

© {{ scope.credits }}
Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.