Acesso ao principal conteúdo
Grécia

Grécia: Sondagens dão vitória aos conservadores

Kyriakos Mitsotakis, líder da Nova Democracia, vota em Atenas.
Kyriakos Mitsotakis, líder da Nova Democracia, vota em Atenas. REUTERS/Alkis Konstantinidis

As sondagens à boca das urnas prevêem a maioria absoluta dos conservadores da Nova Democracia, que esmagam o primeiro-ministro Alexis Tsipras, que convocou eleições no início do verão, depois de a Grécia ter saído da falência.

Publicidade

De acordo com as televisões gregas, o futuro primeiro-ministro da Grécia será Kyriakos Mitsotakis, podendo o seu partido ter conseguido 40 por cento dos sufrágios, contra 28,5 por cento de Alexis Tsipras e do seu Syriza, partido da esquerda radical.

Tsipras reconheceu, entretanto, já a sua derrota nesta noite eleitoral.

As sondagens indicam, assim, um regresso ao poder dos partidos tradicionais da Grécia, quatro anos após a vitória de Tsipras, acusado de ter traído os eleitores ao cumprir os planos de autoridade ditados pela União Europeia.

As eleições legislativas antecipadas gregas realizaram-se, este domingo, sob um intenso calor estival.

 

 

 

 

 

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.