Acesso ao principal conteúdo
França

Folhetim do futebolista Neymar entre sexo, justiça e futebol

Neymar, suspeito de violação poderá ser ilibado por falta de provas pela justiça brasileira
Neymar, suspeito de violação poderá ser ilibado por falta de provas pela justiça brasileira Stéphane Mahé/Reuters

O futebolista brasileiro, Neymar, a jogar no PSG, suspeito de violação sexual, poderá ver proximamente o seu problema com a justiça resolvido. Mas entre as quatro linhas o seu futuro ainda não foi ditado, estando ausente do jogo de hoje entre o clube parisience de PSG e os autralianos do FC Sydney, na China. 

Publicidade

Para a polícia brasileira, não há provas concludentes para acusar o internacional brasileiro, Neymar, de violação sexual duma jovem brasileira, em maio, em Paris.

O inquérito policial foi entregue hoje ao ministério público, que terá 15 dias para se pronunciar sobre a acusação de Neymar, declarou um porta-voz da Procuradoria de S. Paulo. 

O número 10 brasileiro é acusado por Najila Trindade Mendes de Sousa, uma jovem manequim brasileira de a ter violado a 15 de maio num hotel de Paris.

A jovem manequim de 26 ans entrou com uma queixa-crime em S. Paulo, 15 dias depois da presumível violação, mas o jogador Neymar, diz ser inocente, afirmando que houve entre os dois uma relação sexual consentida.

Neymar, foi igualmente ouvido pela polícia no começo de junho por ter difundido nas redes sociais um vídeo sobre conversas e imagens íntimas com Najila Trindade.

A modelo Najila foi ouvida duas vezes a 7 e 18 de junho em S. Paulo, tendo sido solicitada pela polícia a entregar o seu telemóvel para peritagem.

Mas ela indicou que tinha perdido o telemóvel, no "carro do seu advogado ou numa casa onde esteve depois do depoimento, declarou o seu advogado, Cosme Araújo.

A nível desportivo, continua o folhetim sobre a aquisição de Neymar pelo PSG ao Barça pela soma astronómica de 222 milhões de euros em 2017 ou então o seu regresso ao seu clube espanhol do coração FC Barcelona ou ao Real Madrid.

Neymar, que está lesionado no tornozelo não foi convocado para o jogo desta noite na China entre o PSG e os australianos do FC Sydney, apesar de ter feito a viagem com a equipa.

A imprensa desportiva continua a falar do regresso de Neymar ao Barça, sem que haja uma confirmação por parte dos dirigentes do clube de futebol espanhol ou mesmo do PSG.

Mas em junho, o presidente do PSG, Nasser Al-Khelaïfi, declarou ao semanário, France Football que "ninguém forçou Neymar a assinar com o PSG e que veio com conhecimento de causa para se inscrever num projecto".

Neymar continuou a postar vídeos nostálgicos do seu tempo passado no clube espanhol Barça, deixando entender que poderia regressar a Barcelona.

Para já, tendo de permeio um putativo regresso às lides da Liga 1 para o jogo PSG e Nimes de 11 de agosto no Parque dos Príncipes, os dirigentes de futebol de França e Espanha têm até 2 de setembro para decidir o futuro de Neymar.

Até lá a telenovela Neymar reserva muitas suspresas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.