Acesso ao principal conteúdo
Portugal

Região autónoma da Madeira vai a eleições este domingo

Região autónoma da Madeira vai a eleições regionais este domingo
Região autónoma da Madeira vai a eleições regionais este domingo Lusa

Eleições regionais este domingo na Madeira, região autónoma de Portugal, governada desde 1976 pelos sociais democratas do PSD. A campanha eleitoral terminou esta sexta-feira e são 16 partidos e uma coligação a concorrer para estas eleições que poderão ser ganhas uma vez mais pelo PSD, que, no entanto, pode perder a sua hegemonia, mas mesmo assim com uma maioria relativa. 

Publicidade

A região autónoma da Madeira, em Portugal, vai a eleições no próximo domingo para renovar a Assembleia Legislativa do arquipélago.

São eleições regionais que contam com a concorrência de 16 partidos e uma coligação, disputando os 47 assentos do parlamento regional. 

A campanha eleitoral terminou esta sexta-feira e foi dominada pelo PSD, que segundo todas as sondagens poderia renovar o seu mandato mas sofrendo algumas baixas.

A Madeira é governada pelos sociais-democratas do PSD, desde 1976, altura da obtenção do estatuto da autonomia, à semelhança do que aconteceu com os Açores, dois anos após a revolução de abril de 1974.

Desde então a Madeira registou crescimentos sustentáveis e criou riquezas durante décadas sob a batuta do autoritário João Jardim.

PSD hegemónico na Madeira desde 1976

Saiu do poder, mas a região da Madeira, continuou nas mãos do mesmo PSD, que nas últimas eleições de 2015, teve uma enésima maioria absoluta.

Contudo, neste último mandato, com a baixa no sector do turismo, motor económico da Madeira, o PSD, tem sido muito criticado, e segundo os analistas, poderá voltar a ganhar, mas desta feita, com uma maioria relativa.

Dos 16 partidos em liça, com siglas e nomes que não convenceram durante a campanha, tais como, PDR,  PNR, BE, PS, PAN, Aliança, Partido da Terra-MPT ou Iniciativa Liberal, PSD, governará com maioria relativa ou terá que se abrir a essas outras formações para ter um governo estável?

Para já há "expectactivas" e se o PSD ganhar mas perdendo a sua maioria absoluta terá de "estabelecer pontes com outras áreas", nomeadamente, com "estes pequenos partidos, segundo Ricardo Miguel Oliveira, Director do Diário de Notícias da Madeira.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.