Acesso ao principal conteúdo
Ciência

Prémio Nobel da Física tem "contributo português"

Áudio 08:55
Vencedores do Prémio nobel da Física 8/10/2019
Vencedores do Prémio nobel da Física 8/10/2019 Claudio Bresciani/TT News Agency/via REUTER

A Real Academia Sueca de Ciências atribuiu esta terça-feira (8/10) o Prémio Nobel da Física a três cientistas: o canadiano James Peebles pelo seu contributo para um melhor conhecimento e compreensão da estrutura do universo desde o Big Bang e aos dois suiços Michel Mayor e Didier Queloz pela descoberta em 1995 do primeiro exoplaneta na órbita da estrela 51 Pegasi, semelhante ao Sol, mas que se encontra fora do sistema solar.Para nos falar da importância destas descobertas ouvimos o astrofísico português Pedro Mota Machado, investigador no Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço e professor na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, que orgulhosamente refere que a descoberta do primeiro exoplaneta "tem mãozinha portuguesa...um contributo de primeira linha".

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.