Acesso ao principal conteúdo
Catalunha

Nova noite de confrontos em Barcelona

Barcelona. 18 de Outubro de 2019.
Barcelona. 18 de Outubro de 2019. Josep LAGO / AFP

A Catalunha voltou a ser palco, na noite desta sexta-feira, de confrontos que fizeram mais de 180 feridos, cerca de 150 só em Barcelona. A polícia anunciou a detenção de meia centena de pessoas também em Barcelona.

Publicidade

Em Barcelona, teme-se hoje uma nova noite de violência depois do protesto convocado para o final da tarde. Desde segunda-feira, as noites têm sido marcadas pelos confrontos entre manifestantes e polícia, mas esta sexta-feira foi a mais violenta.

A polícia disparou balas de borracha, usou gás lacrimogéneo e utilizou, pela primeira vez, um canhão de água mediante grupos que lhe lançavam paralelos arrancados das estradas ou objectos metálicos do mobiliário urbano.

Só em Barcelona houve registo de mais de 150 pessoas feridas e a polícia anunciou a detenção de cerca de 50. Houve também cerca de 30 feridos em Girona, Tarragona e Lérida. No total, em toda a Catalunha foram detidas 83 pessoas de acordo com o ministério do Interior.

Os confrontos surgiram no final de uma mega-manifestação pacífica que juntou meio milhão de pessoas em Barcelona, onde o dia foi marcado pela greve geral e pela convergência de marchas de dezenas de milhares de separatistas oriundos das cinco cidades da Catalunha.

Este sábado, o presidente separatista catalão, Quim Torra, apelou ao governo central de Madrid para que haja um diálogo, após cinco dias de protestos provocados pela indignação geral contra as pesadas penas de prisão de nove dirigentes separatistas pela tentativa de secessão em 2017.

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.