Acesso ao principal conteúdo
Síria

Turquia confirma retirada curda de Ras al-Aïn

Família a fugir de Ras al-Ain, no norte da Síria. 19 de Outubro de 2019.
Família a fugir de Ras al-Ain, no norte da Síria. 19 de Outubro de 2019. Delil SOULEIMAN / AFP

Cerca de 50 veículos, entre jipes e ambulâncias, saíram, este domingo, da cidade de Ras al-Aïn, no norte da Síria, transportando feridos e combatentes das Forças Democráticas Sírias, dominadas pelos curdos. A Turquia confirmou oficialmente a retirada que acontece a menos de dois dias do final da trégua.

Publicidade

Este domingo continuou a ser marcado pela troca de acusações de violação da trégua entre os combatentes curdos e a Turquia. Há relatos de combates esporádicos e Ancara fala numa baixa militar turca.

O dia foi marcado pela saída de 50 veículos, entre jipes e ambulâncias, da cidade de Ras al-Aïn, no norte da Síria. A bordo, vários feridos e combatentes, dois dias antes do final da trégua. A Turquia confirmou oficialmente a retirada.

Por outro lado, as forças americanas retiraram-se este domingo da sua maior base no norte da Síria, em Sarrine, perto da cidade de Kobané. Mais de 70 veículos blindados com bandeiras americanas e escoltados por helicópteros saíram da base, concretizando o anúncio da retirada norte-americana da Síria que abriu caminho à ofensiva turca contra as milícias que ajudaram os ocidentais na luta contra o autoproclamado Estado Islâmico.

A operação turca, lançada a 9 de Outubro, provocou a morte a mais de uma centena de civis e a fuga de 300.000 pessoas. Os combates também mataram mais de 250 militantes curdos e cerca de 200 combatentes pró-turcos, de acordo com a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

A trégua deveria durar até terça-feira e tem como condições o recuo dos curdos da região para a criação de uma chamada “zona de segurança” para onde os turcos querem mandar uma parte dos 3 milhões e 600 mil refugiados sírios que estão na Turquia.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.