Acesso ao principal conteúdo
Iraque

Iraque: Polícia abre fogo para dispersar manifestantes

Iraque: Polícia abre fogo para dispersar manifestantes
Iraque: Polícia abre fogo para dispersar manifestantes REUTERS/Thaier Al-Sudani

As forças de segurança iraquianas abriram fogo, esta quarta-feira, para dispersar os manifestantes que se encontravam na ponte de Al-Chouhada, no centro de Bagdad. Trata-se da quarta ponte bloqueada pelas autoridades que tentam impedir os populares de chegar à praça Tharir, epicentro da contestação.

Publicidade

Se até aqui a polícia tinha recorrida a gás lacrimogéneo para dispersar a multidão, esta quarta-feira as forças de segurança dispararam balas reais contra os manifestantes antigovernamentais que se encontravam na ponte de Al-Chohada e que tentavam chegar à praça Tharir, epicentro do protesto.

As manifestações no Iraque começaram a 1 de Outubro, quando se assinalou o primeiro ano do novo executivo. Na altura, dezenas de milhares de iraquianos, descontentes nomeadamente com a falta de combate à corrupção, ao desemprego e à inexistência de serviços públicos, saíram às ruas para exigir a queda do regime.

Desde então as autoridades iraquianas não têm cedido, apesar dos apelos da comunidade internacional para o país responder às reivindicações da população.

Esta segunda-feira o acesso à internet foi cortado no país, provocando o receio de novos episódios de violência. Desde o início dos protestos 250 pessoas já perderam a vida.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.