Acesso ao principal conteúdo
China

Coronavírus: 254 mortes em apenas 24 horas na China

Novo método para confirmar diagnóstico.
Novo método para confirmar diagnóstico. © China Daily via REUTERS

O número de mortos na China por causa do coronavírus aumentou substancialmente nas últimas 24 horas. 254 novas mortes foram registadas e o número de pessoas infectadas atingido quase 60 mil em território chinês.

Publicidade

O Covid-19 continua a fazer vítimas mortais na China. Este aumento significativo deve-se sobretudo à alteração da metodologia de contagem. O novo método de contagem inclui "casos clinicamente diagnosticados", mas que não foram ainda sujeitos a exame.

A província de Hubei registou 242 mortos, mais do dobro em relação ao dia anterior. O número total de mortes pelo surto fixou-se em 1 367, enquanto o número de casos ascendeu a cerca de 60 000 em todo o território chinês.

Até agora, os casos na província de Hubei só podiam ser confirmados quando havia confirmação por parte dos testes de Ácido Ribonucleico. No entanto, recorrendo-se a radiografias torácicas e a tomografias computadorizadas também pode-se confirmar o diagnóstico.

No resto do mundo, o Japão anunciou a primeira morte pelo novo coronavírus. Segundo o ministro da Saúde, Katsunobu Kato, a vítima é uma mulher com cerca de 80 anos. Esta é a terceira morte fora da China continental desde o início do surto, com as Filipinas e Hong Kong a registarem também um caso cada um.

Quanto à Comissão Europeia disse hoje ser “muito difícil” prever o impacto do novo coronavírus na economia europeia. O comissário europeu para a Economia, Paolo Gentiloni, afirmou que vai haver “consequências”, e que elas vão depender da “duração” do surto. Entretanto a Comissão Europeia manteve a previsão de crescimento da economia da zona euro em 1,2% este ano e em 2021.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.