Acesso ao principal conteúdo
China

OMS lamenta mortos e envia mensagem de responsabilidade sobre coronavírus

Pessoal médico de bloco intensivo de hospital Jinyintan em Wuhan, berço do coronavírus na China
Pessoal médico de bloco intensivo de hospital Jinyintan em Wuhan, berço do coronavírus na China China Daily via REUTERS

A Organização Mundial da Saúde, lança uma mensagem de responsabilidade perante a epidemia do coronavírus despoletada em Wuhan, na China, que já fez 1.900 mortos a nível mundial, mas que está a ser controlada. A OMS sublinha que 80 por cento dos doentes sofrem duma forma benigna da doença. 

Publicidade

O balanço da epidemia do coronavírus já vai em 1.900 mortos, mas a OMS alerta contra qualquer medida desproporcionada citando um estudo mostrando que mais de  80% dos pacientes sofrem duma forma benigna da doença.

O número de contaminações na China ultrapassou hoje os 72.300 enquanto a nível mundial é de cerca de 900 pessoas rastreadas em 30 países.

Mas a Organização Mundial da Saúde está a passar uma mensagem positiva à opinião pública garantindo que fora da província de Hubei, epicêntro da epidemia, a doença "atinge uma pequena proporção da população", com uma taxa de mortalidade de cerca de 2%.

Citando um estudo do Centro chinês de controlo e de prevenção das doenças sobre 72.000 pessoas, o Director da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, sublinhou ontem que mais de 80% dos pacientes sofrem duma forma benigna da doença.

O estudo acrescenta ainda que até à idade dos 39 anos, a taxa de mortalidade do covid-19 permanece muito baixa, à volta de 0,2%, e eleva-se progressivamente com a idade.

China continental regista baixa de novas contaminações

Há outros sinais positivos, sabendo que na China continental há uma baixa de novas contaminações nas últimas 24 horas, cerca de 1.886, o número mais baixo do último mês e o número de 98 mortos suplementares está a recuar pelo  quarto dia consecutivo. 

Há algumas semanas que a China colocou sob quarentena a quase totalidade da província de Hubei.

No total, o balanço na China continental atinge 1.868 mortos, entre eles um Director de hospital de Wuhan, berço do coronavírus.

A nível mundial, até este momento, de registar 5 mortos, em Hong Kong, Filipinas, Japão, Taiwan e 1 também em França.

Aliás o Presidente chinês, Xi Jinping, saudou telefonicamente ao Presidente francês, Emmanuel Macron, pelo "apoio da França" que enviou material médico e medicamentoso às autoridades sanintárias chinesas. 

OMS lamenta mortos e envia mensagem de responsabilidade sobre coronavírus

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.