Acesso ao principal conteúdo
Política/Síria

Síria: ONU receia nova catástrofe humanitária

Deslocados sírios da região rural do oeste de Aleppo, são transportados de Hazan próximo de  Idlib, no dia 11 de Fevereiro.
Deslocados sírios da região rural do oeste de Aleppo, são transportados de Hazan próximo de Idlib, no dia 11 de Fevereiro. REUTERS/Khalil Ashawi

A alta comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, apelou nesta terça-feira a criação de corredores humanitários no noroeste da Síria. Bachelet manifestou o seu horror perante a ofensiva das tropas governamentais sírias, apoiadas pela Rússia, para neutralizar o último núcleo de rebeldes existente na atrás citada região.

Publicidade

A ofensiva iniciada nesta terça-feira pelas tropas sírias contra o maior enclave rebelde no noroeste do país, em guerra civil desde Março de 2011, leva as Nações Unidas a recearem uma nova catástrofe humanitária.

Cerca de 900.00 pessoas foram obrigadas a abandonar os seus lares e abrigos em menos de três meses, na regiao de Idlib e estão agora expostas à rudeza do inverno.

Segundo a ONU, crianças morreram, em acampamentos de refugiados cobertos de neve, devido ao rigor do inverno e a crise humanitária poderá atingir proporções maiores se nada for feito para se estabelecer um cessar-fogo, de modo a facilitar o esforço de socorro.

O porta-voz da ONU, David Swanson informou que nos últimos quatro dias, 43.000 pessoas fugiram de Aleppo, onde os combates entre forças governamentais e rebeldes têm sido particularmente violentos.

Swanson afirmou que o número de deslocados atingiu os 300.000, desde o início do mês de Fevereiro.

Segundo confirmou o director da agência da ONU para os assuntos humanitários, Mark Lowcock, a violência dos combates não tem poupado nada.

Hospitais, escolas, zonas residenciais, mesquitas, assim como mercados têm sido alvejados.

A alta comissária da ONU para os direitos humanos, Michelle Bachelet apelou as partes envolvidas no conflito a abrir corredores humanitários, para as populações civis que se encontram retidas nas zonas controladas pelos rebeldes.

Síria:ONU receia nova crise humanitária 02 2020

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.