Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Eleições no Irão: "Todos os reformistas foram completamente cancelados"

Áudio 08:31
Eleições no Irão estão a ter lugar esta sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020
Eleições no Irão estão a ter lugar esta sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020 Nazanin Tabatabaee/WANA (West Asia News Agency) via REUTERS

O iranianos estão esta sexta-feira a ir às urnas para escolher os 290 deputados ao Parlamento. O reforço da ala conservadora e ultraconservadora é já um dado adquirido, depois do Conselho Guardião, constituído por 12 pessoas especialistas em direito constitucional e em lei islâmica e que são, na sua maioria, designados pelo líder supremo, terem desqualificado mais de 7 mil candidatos, maioritariamente do campo reformista e moderado.No entanto, a taxa de participação dos 57 milhões de eleitores é um dos dados que merece maior atenção. Ivo Sobral professor de Relações Internacionais na Universidade de Abu Dhabi fala num país sem qualquer esboço de democracia e em que a economia é o factor que mais preocupa a sociedade, neste momento. Há uma debandada de jovens, diz. O docente lembra ainda que os casos de coronavírus estão a piorar a imagem do regime junto da população.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.