Acesso ao principal conteúdo
Coronavírus

Covid-19: Número de mortos dispara em Espanha com 10 mil vítimas

A situação nos hospitais é dramática em Espanha.
A situação nos hospitais é dramática em Espanha. © REUTERS - SUSANA VERA

Espanha ultrapassou esta quinta-feira as 10 mil mortes por causa da pandemia do novo coronavírus. Nas últimas 24 horas morreram cerca de 950 pessoas.

Publicidade

Espanha é o segundo país no mundo a ultrapassar a barreira dos 10 mil mortos, após a Itália, no entanto o ritmo espanhol é cada vez mais preocupante e o número de mortes poderá aproximar-se rapidamente do italiano. Nos últimos dias o território espanhol conta mais de 900 vítimas mortais por dia.

Isto sem contar com o número de casos que está acima das 100 mil pessoas infectadas.

As consequências são dramáticas para os espanhóis visto que os hospitais estão saturados, sobretudo em Madrid, em Barcelona ou ainda na Região da Andaluzia.

O governo tenta seguir o exemplo da França e enviar os doentes para regiões com menos casos, como a Estremadura, mas as transferências neste país descentralizado revelam-se complicadas a organizar.

Os hospitais chegaram a um ponto onde as pessoas com mais de 70 anos já não são levadas para os cuidados intensivos, deixando-as, em certos casos, morrer.

Outra consequência da pandemia de Covid-19: o desemprego. Os centros de emprego espanhóis registaram 302 mil novas inscrições em Março quando se compara com o mês anterior. A crise sanitária está a provocar uma crise financeira no país.

Recorde-se no entanto que 27 mil pessoas recuperaram da doença em Espanha.

Ouça a Crónica de Marco Martins.

Espanha ultrapassa os 10 mil mortos devido ao coronavírus

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.