Acesso ao principal conteúdo
São Tomé e Príncipe

Coronavírus: Nenhum estudante foi infectado

São Tomé tenta evitar o coronavírus
São Tomé tenta evitar o coronavírus Creative Commons / Wikimedia

São Tomé e Príncipe está a trabalhar em conjunto com a Organização Mundial da Saúde para prevenir que o coronavírus chegue ao país. As garantias foram dadas pela ministra dos Negócios Estrangeiros que afirmou ainda que nenhum estudante são-tomense na China foi infectado.

Publicidade

Para já não há nenhum caso de estudante santomense que tenha contraído a doença coronavírus.

A garantia foi dada pela ministra são-tomense dos Negócios Estrangeiros que admitiu uma coordenação com o governo chinês através da representação diplomática de São Tomé e Príncipe em Pequim.

São mais de 100 estudantes que estudam nas universidades chinesas, em Wuhan, epicentro da epidemia, estão 17 estudantes.

Elsa Pinto assegurou que estão a ser adoptadas medidas preventivas pelo governo em sintonia com a Organização Mundial da Saúde para prevenir que o coronavírus chegue a São Tomé e Príncipe.

De acordo com o balanço mais recente das autoridades chinesas, o novo coronavírus já fez 132 mortos e contaminou perto de 6.000 pessoas.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.