Acesso ao principal conteúdo
São Tomé e Príncipe

Ilha do Príncipe inaugura nova pista de aterragem

Aeroporto da Ilha do Príncipe
Aeroporto da Ilha do Príncipe TELANON

 Foi hoje inaugurada, na presença do Presidente Manuel Pinto da Costa, a nova pista do aeroporto da Ilha do Príncipe, que com 1750 metros de comprimento pode doravante acolher aviões de médio porte.

Publicidade

A obra que custou 16 milhões de euros, foi financiada pela empresa HBD Boa Vida, do milionário sul-africano Mark Shuttleworth (o Biil Gates africano ou o Homem da Lua, como é conhecido, por ter sido o primeiro turista espacial africano), que assinou com o governo regional do Príncipe um acordo para o desenvolvimento do turismo sustentável até 2019, orçado em 70 milhões de euros. 

José Cassandra, Presidente do Governo Regional da Ilha do Príncipe, considera que a par da construção de um porto acostável de que a ilha carece, "a nova pista que acabamos de inaugurar, vem não só ajudar a desencravar, a desagravar os custos da dupla insularidade, mas também aumentar o fluxo de pessoas entre as ilhas por um lado e por outro a ligação do Príncipe com a sub-região vai ser mais fácil, a vinda de mais turistas para o Príncipe...consequentemente São Tomé e Príncipe vai ganhar uma infraestrutura aeroportuária... para permitir o desenvolvimento que nós aqui pretendemos ".  

O objectivo de "Tozé" Cassandra é através da compra de aeronaves de médio porte, tipo ATR, conseguir baixar o preço das viagens inter-ilhas, que hoje "é caríssimo, 220 euros para 35 minutos de viagem, mesmo para os turistas é caro", mas também abrir o aeroporto do Príncipe a outras companhias.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.