Acesso ao principal conteúdo
SÃO TOMÉ E PRINCIPE

Orçamento são-tomense em debate

Patrice Trovoada, primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe
Patrice Trovoada, primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe RFI / Cristiana Soares

O Orçamento Geral do Estado em São Tomé e Príncipe para 2017 será inferior ao do ano de 2016.O OGE submetido esta quarta feira ao parlamento pelo ministro das finanças, Américo Ramos, está avaliado em 132 milhões de Euros, menos 16 por cento que o volume do ano de 2016.  

Publicidade

O Primeiro-ministro santomense disse que apesar da actual conjuntura financeira internacional ser desfavorável a São Tomé e Príncipe,o seu governo tem o controlo da situação,apelando a população para sacrifícios, prevendo que nos próximos meses haverá melhorias.

Patrice Trovoada, referiu ainda que no cômputo geral o seu executivo vai terminar o ano com a execução acima dos 90 por cento do cumprimento das despesas correntes previstas para 2016.

Confira aqui a correspondência de Maximino Carlos, correspondente em São Tomé.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.