Acesso ao principal conteúdo
SÃO TOMÉ E PRINCIPE

São Tomé e Príncipe aposta na economia azul

São João dos Angolares, distrito de Cauê, São Tomé
São João dos Angolares, distrito de Cauê, São Tomé RFI/Liliana Henriques

O governo são-tomense definiu o mar como elemento indispensável para o desenvolvimento do arquipélago. O país quer atrair maior investimento pesqueiro nos próximos anos.

Publicidade

Sendo o mar 160 vezes superior à superfície terrestre do arquipélago o meio marítimo é tido como uma grande aposta nacional para alavancar o desenvolvimento.

O mar, para além das pescas, como a protecção das praias e da sua biodiversidade e consequente aposta turística são vertentes realçadas por Américo Ramos, ministro da economia azul.

O governante falava numa palestra que se insere na semana nacional da pesca.

O ministro apelou a comunidade internacional a dar atenção ao arquipélago visando obterem-se as metas de desenvolvimento para o horizonte de 2030.

A exploração e gestão responsável de recursos pesqueiros, o crescimento económico azul, desafios e potencialidades para o desenvolvimento do arquipélago e a segurança marítima são temas em foco nesta semana nacional da pesca.

Confira aqui a crónica de Máximino Carlos, correspondente em São Tomé e Príncipe.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.