Acesso ao principal conteúdo
São Tomé e Príncipe

Roubo de combustível em São Tomé e Príncipe

O roubo aconteceu numa das principais centrais térmicas do país, a 4 quilómetros da capital.
O roubo aconteceu numa das principais centrais térmicas do país, a 4 quilómetros da capital. ISSOUF SANOGO / AFP

Foram detidos ontem pela Polícia Judiciária 6 indivíduos suspeitos de roubo de combustível numa das principais centrais térmicas do país, a unidade de Bobo Forro, a 4 quilómetros da capital, um furto cujo valor foi avaliado em mais de 7 mil Euros.

Publicidade

De acordo com a polícia que diz estar a investigar outras possíveis responsabilidades, um sétimo suspeito continua a monte. As autoridades referem ainda que entre as 6 pessoas presas, uma delas está ligada à central que abastece a capital e suas imediações, um fenómeno que tem sido uma constante segundo o director da Empresa de Água e Electricidade. Ainda no ano passado, deu-se um caso de garimpo de combustível, desta vez oriundo da Central Térmica de Santo Amaro no nordeste da ilha de São Tomé. Mais pormenores com Maximino Carlos.

Refira-se que este novo caso sucede no momento em que os preços dos combustíveis acabam de aumentar 14% em São Tomé e Príncipe. No final do mês passado, a gasolina passou de 25 para 29 novas dobras, o gasóleo subiu de 21 novas dobras para 24 e o petróleo passou de 12 para 14,30 novas dobras, um aumento que se relaciona, segundo o governo, com a subida do valor do combustível no mercado internacional.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.