Acesso ao principal conteúdo
S. Tomé e Príncipe

PCD quer coligação com MDFM/UDD em S.Tomé e Príncipe

PCD, quer coligação com MDFM/UDD, para ganhar as legislativas de outubro deste ano
PCD, quer coligação com MDFM/UDD, para ganhar as legislativas de outubro deste ano DR

O PCD, partido da convergência democrática, em S. Tomé e Príncipe, quer uma coligação com o MDFM/UDD, na oposição, para ganhar as próximas eleições legislativas de 7 de outubro. A estratégia desta coligação saiu duma reunião no último fim-de-semana, na capital.

Publicidade

"Já tivemos vários encontros e decidimos avançar para a legitimação deste acordo e é isso que vai acontecer", declarou à RFI, Danilson Cotu, líder da bancada parlamentar do PCD, Partido da convergência democrática em S. Tomé e Príncipe.

Danilson Cotu, referia-se às conclusões duma reunião do passado fim-de-semana, na capital santomense do PCD, apontando para uma estratégia de coligação com o Partido MDFM/UDD, na oposição, no quadro das legislativas de 7 de outubro.

O objectivo desta coligação é ganhar as próximas eleições, ser uma alternativa ao actual poder da ADI, do primeiro-ministro, Patrice Trovoada. 

A ambição do PCD, "não é o poder pelo poder", afirma, Danilson Cotu, para sublinhar, que a estratégia "se inscreve na necessidade de alternância governativa, como forma de encontrar soluções mais credíveis e mais adaptáveis à realidade do país."

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.