Acesso ao principal conteúdo
São Tomé e Príncipe

S. Tomé recebe reunião de alto nível da ONU na África central

S. Tomé e Príncipe acolheu reunião da ONU sobre instabilidade na África central
S. Tomé e Príncipe acolheu reunião da ONU sobre instabilidade na África central DR

S. Tomé e Príncipe acolheu pela primeira vez uma reunião da ONU para África central, com foco na análise de conflitos naquela região instável do continente africano. Temas como a promoção e consolidação da paz inseridos nos eixos de desenvolvimento sustentável, dominaram a reunião de dois dias.

Publicidade

É a primeira vez que São Tomé e Príncipe, acolhe, esta reunião de alto nível das Nações Unidas para África Central. 

Tratou-se da sexta reunião que envolveu os representantes da ONU desta região africana, uma das mais conflituosas do continente africano, como referiu a chefe da diplomacia, Elsa Pinto. 

Para a dirigente santomense, Elsa Pinto, os focos de instabilidade nalgumas regiões como o recente golpe de estado no Sudão, alertam para uma emergência.

François Fall, representante especial do secretário-geral da ONU, referiu-se que a paz e estabilidade política, pesaram na escolha de S. Tomé e Príncipe para acolher esta reunião.

A escolha de São Tomé e Príncipe, deve-se ao facto do país, não ser foco de instabilidade militarda democracia África Central. 

Temas como a promoção e consolidação da paz inseridos nos eixos de desenvolvimento sustentável, ODS, dominaram esta reunião de dois dias que teve como palco a sala de conferências do PNUD, em S. Tomé.

Da capital santomense, o nosso correspondente, Maximino Carlos.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.