Acesso ao principal conteúdo
Judo

Jorge Fonseca dá ouro a Portugal e São Tomé

Jorge Fonseca conquistou o Ouro esta sexta-feira, nos Mundiais de Judo de Tóquio.
Jorge Fonseca conquistou o Ouro esta sexta-feira, nos Mundiais de Judo de Tóquio. Mayorova Marina, ederação Internacional de Judo

O atleta luso-são-tomense, Jorge Fonseca, sagrou-se, esta sexta-feira, campeão do mundo na categoria de -100kg em Tóquio, no Japão. Na quinta-feira, Bárbara Timo foi vice-campeã em -70kg. Trata-se, para já, da “melhor classificação de sempre em campeonatos do mundo”, afirmou José Robalo, director da Formação e das Selecções Nacionais da Federação Portuguesa de Judo.

Publicidade

O atleta luso-são-tomense, Jorge Fonseca, conquistou a medalha de ouro nos Mundiais de Judo de Tóquio, na categoria de -100kg, ao vencer o russo Niyaz Ilyasov. O judoca, de 26 anos, tornou-se no primeiro português a conquistar uma medalha de ouro em Mundiais ao derrotar Ilyasov, terceiro classificado nos Mundiais de 2018.

Ouça as declarações de Jorge Fonseca aos jornalistas presentes em Tóquio.

O atleta do Sporting, que nasceu em São Tomé e Príncipe, chegou ao combate decisivo ao derrotar azeri Elmar Gasimov, vice-campeão olímpico no Rio 2016 e europeu em 2014, nas meias-finais, e depois de ter superado, nos quartos-de-final, o georgiano Varlam Liparteliani.

José Robalo, director da Formação e das Selecções Nacionais da Federação Portuguesa de Judo, disse à RFI que “a conquista do Jorge Fonseca é fruto do trabalho que se tem estado a realizar nos últimos anos” e que o próximo objectivo é preparar-se “para conseguir o melhor resultado possível nos Jogos Olímpicos” e há “esperança que ele consiga obter um resultado semelhante a este”, ou seja, a medalha de ouro olímpica.

Esta é a segunda medalha de Portugal nos Mundiais de 2019, depois da prata conquistada por Bárbara Timo em -70kg, na quinta-feira.

Para José Robalo, trata-se de “a melhor classificação de sempre [de Portugal] em campeonatos do mundo”.

Dois nonos lugares, dois quintos, um segundo e um primeiro, presumo que seja a melhor classificação de sempre [de Portugal] em campeonatos do mundo. Portanto, é sempre muito positivo. No domingo, temos a prova de equipas em que temos o resultado a defender porque fomos vice-campeões da Europa de equipas”, afirmou.

Este sábado, Portugal vai estar representado por Rochele Nunes, em +78kg, antes do encerramento dos Mundiais, no domingo, com a competição por equipas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.