Cabo Verde

Mais mulheres na vida política de Cabo Verde

A posição da mulher foi tema de debate na cidade da Praia, em Cabo Verde.
A posição da mulher foi tema de debate na cidade da Praia, em Cabo Verde. Flickr

Teve lugar na cidade da Praia a Assembleia Constitutiva da Federação Nacional das Mulheres do Partido Africano de Independência de Cabo Verde (PAICV), o partido que sustenta o Governo.Em cima da mesa e no centro do debate esteve a posição da mulher e a necessidade de uma maior participação feminina na vida política do país.

Publicidade

A organização que vai ter autonomia administrativa e financeira dentro do PAICV, tem como objetivo aumentar a participação das mulheres nas próximas eleições legislativas e autárquicas.
Este encontro serve para refletir sobre as políticas desenvolvidas pelo PAICV a favor das mulheres. O partido pretende que a ala feminina tenha mais participação social e política.

Joanilda Alves, Secretária Nacional das Mulheres do PAICV

Joanilda Alves, atualmente Secretária Nacional das Mulheres do PAICV e a única candidata à presidência da Federação Nacional das Mulheres sublinha que os estatutos do PAICV preveem o mínimo de 30% de mulheres nas listas. Mas, para a Federação Nacional das Mulheres do PAICV, esta percentagem não chega e vão trabalhar com o objetivo de conseguirem a paridade. 

A Secretária Nacional das Mulheres do PAICV adiantou, ainda, que a partir da constituição da organização, o trabalho arranca com a instalação da Federação em todo o arquipélago e com o alargamento à diáspora cabo-verdiana.

Joanilda Alves, Secretária Nacional das Mulheres do PAICV

 

 

A Assembleia Constitutiva da Federação Nacional das Mulheres PAICV teve como lema “Por um salto qualitativo na promoção das mulheres cabo-verdianas” e contou com a participação de 160 delegadas.

Com a colaboração do nosso correspondente na cidade da Praia, Odair Santos.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.