Moçambique

O Presidente de Moçambique inicia visita à Índia

O presidente da República Moçambicana, Armando Emilio Guebuza.
O presidente da República Moçambicana, Armando Emilio Guebuza. Reuters / Grant Lee Neuenburg

O presidente moçambicano, Armando Guebuza, viajou esta quarta-feira para a Índia. Em agenda estão encontros com entidades governamentais e empresários. Além disso, Armando Guebuza leva na bagagem cinco acordos de cooperação, no âmbito do reforço das relações entre os dois países.

Publicidade

Nesta deslocação vão ser assinados acordos de cooperação comercial, outros no domínio da defesa e segurança, um entendimento para evitar a dupla tributação e evasão fiscal, um memorando de cooperação sobre pequenas e médias empresas e, também, um memorando sobre minas.

Durante a visita, Armando Guebuza vai encontrar-se com o Primeiro-Ministro indiano, Manmohan Sing, com entidades governamentais e com a comunidade moçambicana aí residente. O chefe de Estado de Moçambique vai também marcar presença em alguns seminários relativos a oportunidades de negócios.

Sublinha-se que só no ano passado, a Índia investiu cerca de 400 milhões de euros em Moçambique. Tratou-se do quarto maior investidor em 2009 no país e, até 2011, poderá investir quase 800 milhões de euros, segundo o volume de projetos que estão a ser avaliados pelas autoridades moçambicanas.

 

Entretanto o Conselho de Ministros de Moçambique provou um plano para evitar a morte de milhares de crianças moçambicanas. O documento prevê a redução da desnutrição crónica até 2015 em 30%. Isto porque quase metade das crianças moçambicanas nem sequer dá entrada no ensino primário. Muitas morrem antes de completarem cinco anos de vida, em consequências de várias doenças entre elas a desnutrição crónica.

Com a colaboração do correspondente da RFI em Maputo, Carlos Jossia.

Alberto Nkutumula, porta-voz do Governo de Moçambique

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.