BRASIL/MOÇAMBIQUE

Cooperação Brasil / Moçambique é “inesgotável”

O presidente brasileiro cessante Lula da Silva (esquerda) e o seu homólogo moçambicano Armando Guebuza, em Maputo, a 16 de Outubro de 2008
O presidente brasileiro cessante Lula da Silva (esquerda) e o seu homólogo moçambicano Armando Guebuza, em Maputo, a 16 de Outubro de 2008 AFP

O balanço da cooperação brasileira com o continente africano é positivo. Em particular com Moçambique, onde o combate ao HIV/Sida, a agropecuária, a agricultura, biocombustíveis, saúde, educação e a mineração são as principais áreas de cooperação entre os dois países.

Publicidade

Numa altura em que o Brasil escolhe o novo chefe de Estado, recorde-se que, em dois mandatos, Luís Inácio Lula da Silva, o ainda presidente brasileiro, deslocou-se 11 vezes a África. Até à data foi o presidente do país que mais viagens fez ao continente africano.

António José Maria de Souza e Silva, o Embaixador do Brasil em Moçambique, em entrevista à RFI faz uma análise das relações entre os dois países O diplomata brasileiro sublinha o balanço positivo de uma cooperação “inesgotável”.
 

Antonio Souza e Silva, Embaixador do Brasil em Moçambique

Com a colaboração de Orfeu Lisboa, correspondente em Maputo

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.