Moçambique / África do Sul

Cimeira económica entre Moçambique e África do Sul

Moçambique importa quase tudo.
Moçambique importa quase tudo. Reuters / Barry Malone

Uma Cimeira entre a África do Sul e Moçambique que se realizou numa altura em que o executivio de Jacob Zuma faz uma revisão da sua política económica, anunciando a criação de emprego como sendo uma das prioridades, com a estimativa de 5 milhões de novos postos de trabalho pelos próximos 10 anos.

Publicidade

Moçambique importa quase tudo. Batata, cebola ou tomate, para mencionar apenas estes produtos que constituem base para a alimentação. Com terra fértil, com um celeiro existente em vários pontos do país, Moçambique não consegue sair da dependência, pondo em causa aquilo a que o Governo decidiu chamar de Revolução Verde.

De há 2 anos a esta parte poucos foram os passos dados na criação do sistema de Fronteira única, nas cidades de Ressano Garcia ou de Lebombo. O Ministro das Finanças de Moçambique fez questão de dizer que o projecto exige financiamentos externos muito avultados.

Manuel Chang, ministro das Finanças de Moçambique.

 

Mas não foi só de fronteira única que se falou. Abordaram-se questões relacionadas com alguns projectos que interessam aos dois países como o do Gás de Moamba, do desenvolvimewnto regional e transmissão de energia, que vai sem dúvida beneficiar outros países da SADC e o da Barragem de Mpanda Nkuwa.

Mereceu particular destaque a discussão de assuntos ambientais, relacionados com o Parque Trans-fronteiriço do Grande Limpopo ou de Lebombo. A questão crítica aqui é a caça furtiva do rinoceronte que prejudica o meio ambiente e o turismo transfronteiriço. Recorde-se que a África do Sul neste momento está a exercer um combate cerrado sobre a caça furtiva de rinocerontes, sendo que alguns cidadãos já foram levados ao tribunal.

Uma vontade manifestada pelos sul africanos : a abertura de mais um posto fronteiriço entre Mbuzini, local do desastre aéreo que vitimou o ex-presidente Samora Machel e Macuacua no lado moçambicano.

Com a colaboração do nosso correspondente em Pretória, João de Sousa
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.