Guiné Conacri foi a votos

Instalações da Comisso Eleitoral Independente da Guiné Conacri
Instalações da Comisso Eleitoral Independente da Guiné Conacri telediaspora.net

Cerca de quatro milhões de eleitores deslocaram-se, neste domingo, em massa às assembleias de voto para escolher o novo Presidente da Republica da Guiné Conacri. Uma segunda volta que aconteceu sob um forte clima de tensão devido à situação sociopolítica que se vive no país.

Publicidade

O dia começou cedo para os eleitores da Guiné Conacri que se apressaram em correr às urnas para fazer uso do direito de voto, nesta segunda volta das eleições presidenciais no país. Na corrida está Cellou Diallo, que obteve 43 por cento dos votos, e Alpha Conde que se ficou pelos 18 por cento.
A primeira volta ficou marcada por vários confrontos étnicos que envolveram os apoiantes dos diferentes partidos, violência que levou os dois candidatos a apelar à calma para que o processo eleitoral se desenrolasse sem percalços. O governo da Guiné Conacri também decidiu como medida de prevenção, encerrar as fronteiras até ao fim do escrutínio.

As eleições na Guiné Conacri estão a merecer a atenção da comunidade internacional e da também da vizinha Guiné Bissau, que acolhe uma numerosa comunidade de cidadãos oriundos da Guiné Conacri. Sobre esta questão o jornalista Miguel Martins, ouviu o Ministro dos Negócios Estrangeiros da Guiné Bissau, Adelino Mano Queta, que referiu que a Guiné Bissau está a acompanhar com atenção as eleições presidências na Guiné Conacri.

Adelino Mano Queta

 

 

 

 

De salientar que nesta segunda volta as expectativas são muitas para um país que, apesar de ter um subsolo rico, tem os piores índices de desenvolvimento humano. Porem, há quem defenda que esta segunda volta não irá trazer grandes mudanças ao país apontando um atraso na divulgação dos resultados eleitorais e a recusa do candidato derrotado em aceitar a vontade do povo da Guiné Conacri.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.