Angola - EUA

Tesouro norte-americano congela contas da Embaixada de Angola em Washington

O Tesouro norte-americano congelou as contas da Embaixada de Angola em Washington por suspeita de branqueamento de capitais. O incidente está a causar mal-estar entre Washington e Luanda.

Publicidade

O caso remonta a 2008, ano em que foi feita uma transferência de cerca de 50 milhões de dólares do Banco Central de Angola para uma conta privada nos Estados Unidos da América. As autoridades americanas, suspeitaram do valor que foi transferido e pediram esclarcimentos às autoridades angolanas da proveniência e fins desse dinheiro.

As autoridades angolanas justificaram-se, dizendo que os 50 milhões de dólares seriam para balanço de pagamentos de contas no exterior. Contudo, os argumentos que não convenceram as autoridades americanas que decidiram congelar as contas da Embaixada de Angola, em Washington, e pedem , agora, mais esclarecimentos aos angolanos.

Entretanto, e devido ao congelamento das contas, os salários dos funcionários da embaixada estão por pagar e estão ainda impedidos de abrir contas em bancos americanos. A situação adiou também, as iniciativas para as comemorações dos 35 anos de independência de Angola, por indisponibilidades e verbas.

Este incidente está a causar mal-estar entre Washington e Luanda. Os responsáveis angolanos ponderam tomar medidas se a situação não se resolver a curto prazo.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.