Angola

Chuva intensa mata em Angola

Luanda assolada por chuvas torrenciais
Luanda assolada por chuvas torrenciais Radio Ecclesia

As chuvas torrenciais deixaram rastos de destruição em Angola. Várias regiões do país foram afetadas. Há vítimas mortais, desalojados, casas arrasadas e campos agrícolas destruídos. Na cidade de Luanda as chuvas torrenciais mataram 11 pessoas.

Publicidade

Na capital angolana a chuva torrencial durou mais de quatro horas. Dezenas de árvores foram derrubadas, centenas de residências ficaram inundadas ou destruídas, registaram-se desabamentos de terras e várias viaturas ficaram soterradas.
A tarde e a noite desta quarta-feira ficam marcadas pelos caos nas artérias de Luanda, com trajetos de 20 minutos a demorarem mais de quatro horas.

Enormes prejuízos, também, nas regiões de Bengo, Cabinda e Uíge. Aliás, na região de Uíge mais de quatro mil famílias ficaram desalojadas. Também em Cabinda a chuva provocou uma vítima mortal e dezenas de desalojados.
No Kilamba Kiaxi, Sambizanga e Cacuaco cinco pessoas morreram devido à queda de árvores e às enxurradas.

As previsões meteorológicas apontam para a continuação de chuvas intensas no país, com especial incidência em Luanda.

Entretanto, as autoridades sanitárias já tomaram medidas para prevenirem o alastramento da malária, cólera e poliomielite no país.

Com a colaboração do nosso correspondente em Luanda, Avelino Miguel
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.