MOÇAMBIQUE

Governo moçambicano quer lutar contra mendicidade e prostituição infantil

Crianças em Inhambane, sul de Moçambique
Crianças em Inhambane, sul de Moçambique M. Martins

O governo moçambicano esteve reunido nesta quarta-feira em Maputo com parceiros sociais para analisar a dimensão dos fenómenos da mendicidade e da prostituição infantil. A ideia é lutar eficazmente contra estes flagelos que estariam a aumentar nos centros urbanos, as autoridades denunciam uma degradação de valores morais.

Publicidade

Os vários centros urbanos têm conhecido um acréscimo preocupante daqueles males, com destaque para os corredores de Tete, da Beira, Chimoio e Manica, perto do Zimbabué, ou ainda as zonas turísticas e regiões fronteiriças.

Miguel Maússe, director nacional da acção social em Moçambique, faz aqui o rescaldo do seminário desta quarta-feira sobre o caso.

Miguel Maússe sobre seminário

O director nacional da acção social em Moçambique refere-se também ao fenómeno da prostituição infantil que atinge crianças de ambos os sexos e denuncia uma degradação de valores.

Miguel Maússe sobre perspectivas

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.