São Tomé e Príncipe / Taiwan

Patrice Trovoada tenta captar investimentos privados em Taiwan

Patrice Trovoada, primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe.
Patrice Trovoada, primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe. AFP/Fransisco Leong

 O primeiro-ministro são-tomense Patrice Trovoada, inicia nesta quarta-feira (12/01/2011) uma visita de quatro dias a Taiwan, a convite das autoridades de Taipé.

Publicidade

São Tomé e Príncipe mantém desde 1997 relações diplomáticas com Taiwan, por iniciativa do então presidente Miguel Trovoada, pai do actual primeiro-ministro.

Único país lusófono com este relacionamento, a República da China-Taiwan, é desde então um dos principais parceiros económicos do arquipélago e disponibiliza anualmente 10 milhões de dólares, para a execução de vários projectos e apoio à balança de pagamentos de São Tomé e Príncipe.

As autoridades são-tomenses defendem a entrada de Taiwan na Assembleia Geral da ONU, a sua adesão à Convenção quadro das Nações Unidas sobre mudanças climáticas, bem como à Organização da Aviação Civil.

Taiwan intervém em São Tomé e Príncipe nos domínios da saúde (com destaque para a luta contra o paludismo), pesca, agricultura, pecuária, onstrução civil, energia, assistência técnica e educação.

Em Outubro passado, o ministro dos Negócios Estrangeiros de Taiwan, Timothy Chin Tien Yang, visitou o arquipélago e entre outros, inaugurou a central térmica de Santo Amaro, orçada em 15 milhões de dólares e entregou às autoridades 11 mil lâmpadas solares, destinadas às escolas primárias das zonas mais isoladas do país sem acesso a energia eléctrica, primeiro passo para a implementação de um mais vasto projecto de energia solar no arquipélago.

Patrice Trovoada vai tentar reforçar esta cooperação e em particular garantir apoio para o Orçamento Geral do Estado votado na generalidade na semana passada e que é rributário em mais de 90% da ajuda externa, mas também tentar mobilizar os investidores privados taiwaneses.

Patrice Trovoada, que de Taiwan segue para a Malásia, é acompanhado pelos ministros são-tomenses dos Negócios Estrangeiros, Manuel Salvador dos Ramos e do Plano e Desenvolvimento, Agostinho Fernandes.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.