Radar econômico

Portugal: a emissão de obrigações a 10 anos, do dia 12 de Janeiro, foi um sucesso

Áudio 08:31
O primeiro-ministro José Sócrates no parlamento português.
O primeiro-ministro José Sócrates no parlamento português. Reuters

Portugal, levou a cabo esta quarta-feira dia, 12 de Janeiro, um leilão de dívida pública de 1,25 mil milhões de euros, nos mercados de capitais. Foi uma emissão de obrigações a 10 anos, a uma taxa de juro de 6.7 por cento que teve uma procura de mais de 3 vezes superior à oferta. Daí, as autoridades político-económicas terem reagido dizendo que a operação foi um sucesso. O primeiro-ministro português, José Sócrates, disse mesmo que já não vai haver necessidade para se recorrer à ajuda externa nomeadamente à União europeia e ao Fundo monetário internacional. A reacção foi positiva, segundo o economista português, Paulo Nunes Almeida, especialista de investimentos.