Angola

Angola deu início ao Congresso da União Africana dos Arquitectos

Prédios em construção na Maianga, Luanda.
Prédios em construção na Maianga, Luanda. Man-ucommons

Começou, esta terça-feira, em Luanda o X Congresso da União Africana dos Arquitectos. De 14 a 17 de Junho, profissionais de 25 países discutem as problemáticas do sector no continente africano. Em cima da mesa, estão questões como ordenamento do território, problemática da habitação e projectos sustentáveis.

Publicidade

De 14 a 17 de Junho, o Centro de de Convenções de Talatona em Luanda acolhe o X Congresso da União Africana dos Arquitectos (UAA). Profissionais de 25 países africanos discutem as problemáticas do sector e tentar trazer mais visibilidade para a classe.

A UAA foi criada a 23 de Maio de 1981 na Nigéria, com o objectivo de unir os profissionais da arquitectura do continente, independentemente da nacionalidade, raça, religião ou doutrina. A instituição incorpora 27 países.

Sobre o assunto, a RFI ouviu António Gameiro, bastonário da Ordem dos Arquitectos de Angola, António Gameiro, que sublinhou os objectivos do encontro e destacou as principais problemáticas do sector em África.

António Gameiro, bastonário da Ordem dos Arquitectos de Angola

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.