Moçambique

Liga dos Direitos Humanos denuncia tratamento dado aos refugiados

Maputo, capital moçambicana.
Maputo, capital moçambicana.
Texto por: RFI
3 min

A Liga dos Direitos Humanos de Moçambique classifica de "degradante" o tratamento que a polícia nacional dá aos requerentes de asilo, refugiados somalis e etíopes que chegam ao país. 

Publicidade

A Liga dos Direitos Humanos de Moçambique apresentou publicamente neste sábado, um relatório onde denuncia a forma "degradante" como são tratados os requerentes de asilo, refugiados somalis e etíopes que chegam ao país.

Amilcar Andela, vice-presidente da Liga dos Direitos Humanos de Moçambique, afirmou que os refugiados chegam ao país muitas vezes com recursos monetários, mas que a polícia lhes retira esse dinheiro.  Amilcar Andela denuncia ainda a a falta de respeito pela dignidade e a falta de assistência imediata.

Numa reacção ao relatório, a polícia moçambicana refere que alguns destes grupos de emigrantes são uma séria ameaça à soberania do país e por isso, vai continuar a agir para impor a lei e a ordem.

 

Com a Colaboração do nosso correspondente em Maputo, Orfeu Lisboa.

Correspondência Moçambique

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.