Acessar o conteúdo principal
CABO VERDE

Cabo Verde discute energias renováveis

Fórum África Ocidental discutiu energias renováveis
Fórum África Ocidental discutiu energias renováveis Za's photostream/ Flickr

Terminou, nesta terça-feira, na cidade da Praia, o Fórum do Clube Sahel e da África Ocidental, dedicado aos desafios das energias renováveis no contexto da cooperação Sul-Sul, em particular com o Brasil. Cabo Verde quer coordenar a exportação de conhecimentos na área das energias limpas na região. 

Publicidade

Durante dois dias a capital cabo-verdiana acolheu o Fórum do Clube Sahel e da África Ocidental. Um encontro que decorreu na sequência da Cimeira Brasil/CEDEAO, realizada em Julho de 2010 na ilha do Sal. Reúne além dos membros, os sectores público e privado, sociedade civil, parceiros de desenvolvimento e comunicação social.

Cabo Verde, tem como meta atingir, até 2020, 50% de toda a produção de energia através de fontes renováveis. Já até ao fim de 2012, Praia quer atingir os 25%.

Miguel Martins ouviu Marcelino Fortes, membro da Direcção da ADAD, Associação para a defesa do ambiente e desenvolvimento em Cabo Verde, que reconhece o trabalho que tem vindo a ser feito no arquipélago na área das energias renováveis.

Marcelino Fortes, membro da Direcção da Organização Ambiental de Cabo Verde

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.