Acessar o conteúdo principal
MOÇAMBIQUE

Governo moçambicano pede ajuda internacional para apoiar as vítimas do mau tempo

Mau tempo em Moçambique deixa milhares de famílias desalojadas
Mau tempo em Moçambique deixa milhares de famílias desalojadas Banco Mundial/Eric Miller
Texto por: Neidy Ribeiro
4 min

As tempestades "Dando" e "Funso", que nas últimas semanas fustigaram o sul e centro de Moçambique, causaram pelo 32 mortos e deixaram milhares de pessoas desalojadas. As necessidades são muitas e levaram o executivo moçambicano a apelar à ajuda internacional para responder a todos os pedidos.  

Publicidade

Lola Castro, directora do Programa Alimentar Mundial -PAM- em Moçambique, reconhece a prontidão do Governo no auxílio às vítimas do mau tempo. No entanto, salienta que dado o número elevado de pedidos de ajuda o executivo foi obrigado a pedir assistência internacional na área de abrigo, saneamento, higiene e alimentação.

Questionada sobre se há neste momento risco de fome no país, a responsável pelo PAM afasta essa possibilidade acrescentando que muitas colheitas estavam em fase de germinação e, como o solo está húmido, há a possibilidade de voltar a semear.

Lola Castro salienta, ainda, que já foram identificadas as zonas mais prioritárias e que a ajuda vai chegar nos próximos dias.

Lola Castro, directora do Programa Alimentar Mundial em Moçambique

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.