Acessar o conteúdo principal
Egipto

Egipto escolhe sucessor de Mubarak

Egípcios escolhem sucessor de Mubarak
Egípcios escolhem sucessor de Mubarak REUTERS/Ammar Awad
Texto por: Cristiana Soares
6 min

Durante dois dias, cerca de 50 milhões de egípcios foram chamados às urnas para elegerem o novo presidente do país. Trata-se do primeiro sufrágio dito livre, mais de um ano depois da revolta que levou à queda de Hosni Mubarak.

Publicidade

Na corrida à cadeira da Presidência estão 12 candidatos. O antigo secretário-geral da Liga Árabe, Amr Moussa, o último primeiro-ministro, Ahmad Chafiq, um islamita independente, Abdel Moneim Abul Foutouh e o candidato da Irmandade Muçulmana, Mohammed Morsi, são os favoritos.

Os resultados deverão ser anunciados dia 27 de Maio e, caso não haja maioria absoluta, a segunda volta está agendada para os dias 16 e 17 de Junho.

Isabel Alcario, especialista do Egipto, ligada ao Instituto Português de Relações Internacionais (IPRI), comentou à RFI estes dois dias eleitorais e sublinhou, ainda, os principais desafios do futuro presidente egípcio.

Isabel Alcario, investigadora IPRI

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.