Acessar o conteúdo principal
Guiné Bissau

Presidente Nhamadjo defende manutenção do Parlamento da Guiné Bissau

Liliana Henriques/RFI
Texto por: RFI
4 min

O Presidente de transição da Guiné-Bissau, Serifo Nhamadjo, defendeu esta quinta feira, a manutenção do Parlamento, sublinhando a importância deste orgão de soberania no momento político que o país atravessa, e contrariou assim a opinião dos que advogam a sua dissolução.

Publicidade

A dissolução do Parlamento já foi defendida sob alegação da caducidade do mandato, mas também devido ao desentendimento entre os dois principais partidos, PAIGC e PRS. Mas, na abertura da última sessão da legislatura, o Presidente Serifo Nhamadjo manifestou-se contra essa ideia, estimando que "a transição política que está em curso precisa regular intervenção de uma instituição tão importante como é o nosso Parlamento. Há legislações para produzir, aprovar e promulgar, para isso o concurso do Parlamento é simplesmente indispensável, tanto mais que o Governo de transição não foi concebido para ser um Governo de mera gestão".
O nosso correspondente em Bissau, Mussa Baldé, acompanhou os trabalhos, e conta aqui os pormenores.
 

Correspondência de Mussá Baldé

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.