ANGOLA

Angola: Província do Cunene devastada pela seca

gscf.fr

A seca está a afectar severamente a província do Cunene, no sul de Angola. O bispo da diocese de Ondjiva, dom Pio Hipunhaty, diz que a falta de chuva está a prejudicar cerca de um milhão de pessoas e 500 mil poderão estar a ser vítimas de fome.

Publicidade

A situação é alarmante. A seca está a fazer-se sentir no distrito de Cunene, no sul de Angola, de uma forma generalizada. O bispo da diocese de Ondjiva, na província do Cunene, alerta que um milhão de pessoas estarão a ser afectadas pela falta de chuva. Segundo dom Pio Hipunhaty, 500 mil angolanos poderão estar já a ser vítimas de fome.

Testemunho de Dom Pio Hipunhaty, Bispo do Cunene

O bispo pede a todos para que "oiçam o grito da população" do Cunene. As pessoas estão a ser obrigadas a deslocar-se para encontrar água para o consumo humano e para os rebanhos porque muitas das tradicionais "chimpacas" (reservatórios de águas da chuva) estão vazias. Os serviços da Protecção Civil já começaram a distribuição de água potável à população.

Dom Pio Hipunhaty, Bispo do Cunene

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.