Moçambique

Ministro da Saúde de Moçambique reage ao pré-aviso de greve dos médicos

O Ministro Moçambicano da Saúde, Alexandre Manguele
O Ministro Moçambicano da Saúde, Alexandre Manguele DR

O sector médico de Moçambique entregou recentemente um pré-aviso de greve cujo início está marcado para dia 20 de Maio. Segundo a classe, esta greve que deveria durar 5 dias poderia ser prolongada no caso de não obterem satisfação.

Publicidade

Entre as reivindicações dos médicos constam melhores condições de trabalho e um salário justo, a Associação Médica de Moçambique acusando o executivo de não ter cumprido os acordos assinados ainda no começo deste ano.

Face a este contexto conturbado, o Ministro Moçambicano da Saúde, Alexandre Manguele, mostra-se todavia confiante, referindo acreditar que "os médicos Moçambicanos não estão preparados para deixar os doentes à sua sorte".

Declarações de Alexandre Manguele recolhidas por Orfeu Lisboa, correspondente em Maputo

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.