Moçambique

Moçambique: Negociações entre Governo e Renamo voltam a fracassar

Armando Guebuza, Presidente da Repúbica de Moçambique e Afonso Dhlakama, líder da Renamo
Armando Guebuza, Presidente da Repúbica de Moçambique e Afonso Dhlakama, líder da Renamo comunidademocambicana.blogspot.com

O Governo moçambicano respondeu negativamente às questões prévias apresentadas pela Renamo, o maior partido de oposição do país, no âmbito das conversações entre as duas partes com o intuito de colocar um ponto final na crise política de Moçambique. 

Publicidade

A Renamo tinha colocado como condição prévia para prosseguir o diálogo a libertação de quinze dos seus membros indiciados no crime contra a Segurança do Estado, a retirada dos efectivos policiais da Gorongoza, onde se encontra Afonso Dhlakama, e a presença de observadores nacionais e internacionais da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral, da União Africana e da União Europeia nas sessões de diálogo.

Em relação à libertação dos quinze membros da Renamo, o Governo invocou o princípio e separação dos poderes legislativo e executivo e judiciário e a independência dos órgãos da Administração da justiça, para argumentar que não pode interferir na esfera da actuação destes órgãos.

Sobre a retirada dos efectivos policiais da Gorongoza, o executivo da Frelimo afirmou que a policia tem por missão garantir a ordem, segurança e tranquilidade publicas em todo o território nacional. Por último, face à solicitação de observadores nacionais e internacionais da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral, da União Africana e da União Europeia nas sessões de diálogo que se seguirão, o Governo também rejeitou este pedido, uma vez que não vê a necessidade da interferência de terceiros neste diálogo.

Todavia, o executivo moçambicano termina o comunicado referindo que tem toda a disponibilidade para regressar à mesa das negociações já na próxima segunda-feira.

Correspondência de Moçambique

Com a colaboração do nosso correspondente em Maputo, Orfeu Lisboa.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.