Etiópia/União africana

Cimeira africana de Adis Abeba dominada pela RDC e o terrorismo no Mali

Fachada da sede da União africana em Adis Abeba
Fachada da sede da União africana em Adis Abeba Liliana Henriques/RFI

Terrorismo na região do Sahel e o conflito na República democrática do Congo, dominam os trabalhos do primeiro dia da cimeira de Chefes de estado e de governo africanos em Adis Abeba na Etiópia.

Publicidade

Sob o lema do Panafricanismo e Renascimento africano, a vigésima primeira Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da União Africana, a decorrer este domingo e segunda feira na capital etíope, quer uma "viragem para o futuro, baseada na democracia, direitos humanos e progresso económico", disse em entrevista à nossa enviada especial, Liliana Henriques, o Presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca.

 

Jorge Carlos Fonseca, Presidente de Cabo Verde

Como se disse o conflito na República Democrática do Congo é um dos temas centrais desta Cimeira dos Chefes de estado e de governo da União africana, mas igualmente assunto de reunião especializada em torno dos países africanos dos Grandes lagos na qual participou o ministro angolano das relações exteriores, Georges Chicoti.

 

Georges Chicoti, chefe da diplomacia de Angola

 

Participa igualmente nesta Cimeira africana de Adis Abeba, o diplomata santomense, Ovídio Pequeno, representante da União Africana em Bissau, que analisa a situação guineense e as negociações sobre a formação de um governo de inclusão na Guiné Bissau.

 

Ovídeo Pequeno, Representante da União Africana ONU em Bissau

De notar enfim, que a Guiné Bissau vê perdoada uma dívida de 38 milhões de dólares pelo Brasil, enquanto S. Tomé e Príncipe beneficia de um perdão de 4 milhões e 200 mil dólares, anunciado ontem pela Presidente Dilma Roussef e confirmado este domingo, pelo seu porta voz Thomas Trauman.

 

Thomas Trauman, porta voz da presidente do Brasil

 

Siga esta reportagem da nossa enviada especial à cimeira africana de Adis Abeba, Liliana Henriques, nas nossas redes sociais do Twitter e Facebook.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.