Moçambique Mia Couto

Prémio Camões atribuido ao moçambicano Mia Couto

O escritor moçambicano, Mia Couto
O escritor moçambicano, Mia Couto Wikimedia

O escritor  moçambicano Mia Couto torna-se o segundo autor do seu país a ganhar o  Prémio Camões,a  mais prestigiosa recompensa da criação literária de língua portuguesa.        

Publicidade

O  vigésimo quinto Prémio Camões foi atribuido ao escritor  Mia Couto de Moçambique coroando uma das  produções literárias mais prolíficas dos países de língua oficial portuguesa em África. Mia Couto iniciou a  sua actividade em 1983 com  "Raiz  de Orvalho"  livro de poesia que viria a ser publicado em Portugal só  em  1999.  Antes de se lançar na grande saga romanesca o escritor  moçambicano escreveu os contos   "Vozes Anoitecidas"(1986)  e  "Cada Homem é uma Raça "(1990). Publicado em 1992, "Terra Sonâmbula"  é  o seu primeiro  romance. Contam-se entre os outros livros do autor moçambicano: "Estórias Abensonhadas"(1994),"A Varanda do Frangipani"(1996),"Vinte e Zinco"(1999), "Contos do Nascer  da Terra"(1997), "Mar me quer" (2000), "Na  Berma de Nenhuma Estrada e outros contos"(2001), "O Gato  e o Escuro"(2001),"O último Voo do Flamingo" (2000, "Um Rio Chamado Tempo,Uma Casa Chamada Terra"(2002) e  "Fio das Missangas"(2004) ultima obra  de Mia Couto. As obras do escritor moçambicano foram traduzidas e publicadas  em 24  países,  nomeadamente na  França, Alemanha, Suécia, Holanda, Bélgica, Brasil, Angola, Finlândia,Grécia, Israel, África do Sul, Croácia República Checa,Bulgária,Eslovénia, Noruega, Portugal, Inglaterra, Chile, Dinamarca  e Itália.

Nascido na  Beira(Moçambique)  em 1955 , Mia Couto  também escreveu peças de teatro  e é actualmente  o autor mais lido dos países de língua oficial portugesa em Africa.

Em declarações  à RFI, Mia Couto,  explicou-nos a importância  do Prémio Camões  para a sua carreira e para a  divulgação das literaturas africanas de língua portuguesa.

 

ENTREVISTA: MIA COUTO

 

         

                        

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.