Acessar o conteúdo principal
Guiné-Bissau

Domingos Simões Pereira apresenta em Paris o projecto para o PAIGC

Domingos Simões Pereira, candidato à liderança do PAIGC
Domingos Simões Pereira, candidato à liderança do PAIGC Liliana Henriques
Texto por: André Ferreira
1 min

O antigo secretário executivo da CPLP, Domingos Simões Pereira, é um dos candidatos à presidência do PAIGC, partido que estava no poder na Guiné-Bissau antes do golpe de estado. Com eleições marcadas para o país para dia 24 de Novembro, o PAIGC deverá marcar o congresso que vai eleger o novo líder em Julho.

Publicidade

Domingos Simões Pereira está de passagem pela capital francesa, para um encontro com a diáspora, que considera que teve e continua a ter um papel importante e activo para que o país volte à normalidade constitucional.

No encontro desta tarde Domingos Simões Pereira quer mostrar o programa que tem para o PAIGC e para a Guiné-Bissau, e diz-se disposto a ser questionado e escurtinado pelo povo guineense, apostando na transparência.

Ideias que poderá ouvir na entrevista que o candidato à liderança do PAIGC concedeu esta manhã à RFI.

Domingos Simões Pereira, entrevistado por André Ferreira

Entretanto em Bissau, o PAIGC reuniu-se para tentar unir as diferentes candidaturas em torno de um único candidato, o antigo primeiro-ministro Carlos Correia, para liderar o principal partido guineense, sendo que dos candidatos que concorrem à sua liderança, quatro acordaram em apoiar Carlos Correia.

Já Braima Camará e Domingos Simões Pereira continuam na corrida.

Os pormenores com Mussá Baldé, correspondente em Bissau.

Correspondência de Mussá Baldé

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.