Acessar o conteúdo principal
Angola

Jovem activista Angolano preso deve comparecer esta quarta-feira perante a justiça

Convocação para a manifestação anti-regime no próximo 19 de Setembro em Luanda
Convocação para a manifestação anti-regime no próximo 19 de Setembro em Luanda
Texto por: Liliana Henriques
6 min

Manuel Nito Alves, o jovem activista de 17 anos ligado ao Movimento Revolucionário detido na passada quinta-feira em Luanda sob a acusação de difamação contra o Presidente José Eduardo dos Santos, deve comparecer amanhã perante a justiça.

Publicidade

Esta detenção aconteceu no momento em que o jovem activista tinha em sua posse camisolas que deviam ser exibidas durante a manifestação do Movimento Revolucionário prevista para o próximo dia 19 de Setembro em Luanda e cujos slogans foram considerados ofensivos pelas autoridades.

De acordo com Adolfo Campos membro do Movimento Revolucionário, Manuel Nito Alves não beneficiou do acompanhamento de um advogado durante os seus interrogatórios e não se sabe nem onde nem em que horário deve decorrer amanhã o julgamento do jovem activista.

Adolfo Campos, membro do Movimento Revolucionário

Face a esta situação, várias vozes a nível interno bem como a nível externo têm lançado apelos pela libertação de Manuel Nito Alves, nomeadamente a Amnistia Internacional que também pediu hoje às autoridades Angolanas que autorizem a realização da manifestação do Movimento Revolucionário na quinta-feira.

Com efeito, nesta segunda-feira, o comando provincial da Polícia de Luanda comunicou aos organizadores da manifestação que ela não está autorizada, conforme disse à RFI Adolfo Campos.

Adolfo Campos, membro do Movimento Revolucionário

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.