SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

São Tomé e Príncipe: Presidente apela à coesão política nacional

Manuel Pinto da Costa, Presidente da República de São Tomé e Príncipe
Manuel Pinto da Costa, Presidente da República de São Tomé e Príncipe

No habitual discurso de fim de ano, o Presidente da República de São Tomé e Príncipe, Manuel Pinto da Costa, apelou à participação dos partidos e dos cidadãos no diálogo nacional, em Janeiro. 

Publicidade

O Presidente da República de São Tomé e Príncipe, Manuel Pinto da Costa, apelou à unidade nacional no discurso de fim de ano, difundido na Rádio Nacional de São Tomé e Príncipe. Pinto da Costa apelou à participação dos partidos e dos cidadãos na iniciativa de diálogo nacional que vai decorrer em Janeiro. O objectivo, disse, é "promover um debate sobre todas as questões relevantes para o progresso do país". Além disso, o Presidente relembrou que "o diálogo nunca é perda de tempo para procurar consensos que assegurem a governabilidade e a estabilidade no presente e no futuro." 

Por outro lado, o chefe de Estado criticou "as tácticas partidárias e interesses pessoais de uma certa classe política quase exclusivamente virada para si mesma" e disse que "a política e, sobretudo, os partidos, não podem ser apenas um meio para privilegiar os direitos de alguns em detrimento dos direitos de todos."

Oiça aqui o discurso completo de Manuel Pinto da Costa.

Discurso de Manuel Pinto da Costa

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.